Bem Estar

7 dicas para emagrecer em 2018

dicas para emagrecer em 2018

Se você já está cansado de entrar ano e sair ano sem conseguir perder aqueles quilinhos extras, conheça, lendo esse conteúdo com bastante atenção, 7 dicas para emagrecer em 2018.

 

Não vamos prometer nenhuma forma de emagrecer milagrosa e sim dicas simples, que você pode fazer no seu dia a dia, muitas relacionadas aos seus próprios hábitos alimentares.

 

Portanto, se você está com uma certa dificuldade de se livrar dos quilinhos que tanto te incomoda, e quer fazer dietas saudáveis, continue lendo o artigo e já comece a “alimentar” a perda de peso hoje mesmo!

 

O que as gordurinhas extras podem provocar na sua saúde?

 

Antes de passarmos às 7 dicas para emagrecer em 2018, você precisa saber que esses quilinhos extras que possui, quando somados a correria do dia a dia e também a prática de poucos exercícios físicos, ou até mesmo o sedentarismo, podem prejudicar em muito a sua saúde.

 

Por favor, imagine o seu corpo como um carro. Quando você não pratica exercícios, é como se você não tirasse o seu carro da garagem. Com o tempo a bateria dele, não vai pegar mais direito (substitua a bateria por algum órgão seu, como um rim), e consequentemente nenhuma outra parte do seu carro vai funcionar direito também.

 

Se você colocar combustível ruim (bebidas e comidas gordurosas, por exemplo), seu carro pode até funcionar, mas vai começar a ser menos econômico e com o tempo irá começar a dar defeito em várias peças (seus órgãos, membros e cérebro).

 

Essas gordurinhas extras no seu corpo precisam sumir, não é só questão estética, mas de ter mais saúde e qualidade de vida.

 

Mas afinal, quais são as 7 dicas para emagrecer em 2018?

emagreça em 2018

Agora que já te passamos os motivos pelo qual você precisa emagrecer, vamos passar 7 dicas para emagrecer em 2018.

 

Essas dicas para emagrecer visam mudar seus hábitos alimentares e também algumas coisas que você tem negligenciado em sua vida.

 

1.   Você consome muito refrigerante?

 

Se sim, diminua a quantidade de refrigerantes – Uma única lata de refrigerante corresponde a 35 gramas de açúcar (equivalente a 9 colheres de chá de açúcar).

 

Você precisa caminhar quase uma hora em ritmo moderado para queimar essa quantidade de açúcar do corpo.

 

Ou seja, mesmo que você se sinta bem bebendo um copo de refrigerante enquanto almoça, acaba não valendo a pena, já que depois você precisará sofrer para eliminar o que consumiu.

 

Veja também nosso artigo com 7 receitas de sucos detox.

 

2.   Parece estranho… Mas, qual o tamanho do seu prato?

 

Nunca encha tanto o prato na hora de comer, na verdade, tente ser equilibrada e coloque apenas o que você realmente precisa consumir.

 

Quando se está com fome não temos capacidade de julgar o necessário para nos alimentarmos e sempre colocamos comida a mais no prato. Então, nunca deixe para comer quando está com muita fome, senão a compulsão manda e aí… bom.. ferrou!

 

3.   Presente pode!

 

Recompense a si mesmo (nunca com comida), ao final de uma semana ingerindo menos açúcar e alimentos, como passear no shopping, ir ao cinema ou até mesmo cortar o cabelo.

 

4.   Você gosta de frutas?

 

Coma frutas entre as refeições, substituindo os doces, pães e alimentos gordurosos. Frutas alimentam bem e são bem menos calóricos que esses outros alimentos.

 

5.   Mente desocupada é oficina de… COMIDA!

 

Quando estiver com tédio, não desconte ele em comidas. Fazer exercícios, como uma pedalada pela vizinhança, ou uma caminhada, surte o mesmo efeito. O tédio também é combatido quando você se expõe ao sol.

 

6.   Mesmo não sendo fã, pratique exercícios regularmente

 

Faça exercícios físicos com regularidade, pelo menos 3 vezes por semana. E quando chegar em casa, coma uma fruta e ingira muitos líquidos. Isso faz com que o seu metabolismo acelere, otimizando a queima de calorias.

 

7.   A dieta vai te engordar. E eu estou falando sério!

 

A última das 7 dicas para emagrecer em 2018, reeducação alimentar é muito melhor que qualquer dieta.

 

Ela faz com que você mude os seus hábitos alimentares de forma definitiva, enquanto que a dieta nem sempre é eficaz, pois seu cérebro considera a dieta como um “perigo” para o seu corpo.

 

Está pronta para acabar com o excesso de peso de uma vez por todas?

 

Com essas 7 dicas para emagrecer em 2018 e atos simples no seu dia a dia é possível reduzir a quantidade de calorias que você ingere, o que vai fazer você emagrecer naturalmente e até mesmo sem perceber.

Insira exercícios físicos na sua rotina. Se você não tem tempo para os exercícios, comece a fazer alguns trajetos seus diários a pé ou de bicicleta, como ir ao mercado ou ao shopping.

 

Ser magra, porém sedentária, é tão destrutivo para o seu corpo, quanto ter alguns quilos a mais. Coração, pulmões e músculos fracos, também levam você a ter sérios problemas de saúde. Então, use e abuse dessas 7 dicas para emagrecer em 2018, sem medo.

 

Agora, se você gostou desse conteúdo, seja generosa e compartilhe com as amigas que estão sofrendo no processo de emagrecimento e precisam de uma ajudinha!

Dicas Para Acabar com a Insônia e Melhorar sua Saúde

A insônia é um dos maiores causadores de stress, fadiga e falta de qualidade de vida. Quer saber como acabar com a insônia? Veja as dicas abaixo:

curando a insonia

Mantenha o quarto livre de poeira

Muitas pessoas têm dificuldade de dormir por conta de problemas respiratórios. A poeira acumulada acaba causando desconforto nas vias aéreas e atrapalhando o sono.

O ideal é varrer o chão e tirar a poeira acumulada nos móveis pelo menos uma vez na semana. E é preciso ficar atento com os cantinhos escondidos e a parte de trás dos móveis. Eles frequentemente acabam sendo esquecidos e acumulando ainda mais poeira.

Cuidado também com os produtos usados na limpeza. Muitos deles têm elementos fortes em sua composição. Escolha aqueles mais fracos e com cheiro suave.

Clique aqui para mais informações sobre o sono.

Deixe algumas plantas no quarto

Existem plantas que podem ajudar muito na hora de relaxar. Por isso, elas são ideias para manter no quarto e criar um ambiente melhor para dormir.

A Lavanda é uma delas. Ela possui propriedades calmantes, muito usadas em cosméticos e produtos de higiene pessoal. Ter essa planta no quarto vai te ajudar a ficar menos ansioso e mais relaxado, e consequentemente dormir melhor.

A Espada-de São-Jorge é ótima para tornar o ar do quarto mais puro. Ela atua diminuindo os níveis de dióxido de carbono e aumentando os de oxigênio. Dessa forma, você respira melhor e seu organismo relaxa.

Não se esqueça: um ambiente relaxante é o primeiro passo para quem deseja uma boa noite de sono.

Remédios Para Dormir

Uma das alternativas que você pode escolher para dormir bem e melhora sua saúde (o sono é fundamental para uma boa qualidade de vida), é tentar alguns remédios para dormir melhor.

Existem vários remédios no mercado, mas você pode conferir uma lista completa de remédios para dormir aqui.

Melatonina

A melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal no cérebro. A melatonina é creditado por desempenhar um papel central na regulação do sono e no ciclo circadiano. A melatonina sintética é um suplemento dietético popular vendido como uma ajuda para dormir, além de antioxidante.

Aloe Vera

Aloe vera é um excelente produto para refrescar nossa cabeça. O uso regular de aloe vera em seu couro cabeludo torna a nossa cabeça fria, mantém os nossos nervos sob controle e o aloe vera ajuda no sono profundo.

Se você deseja conhecer mais uma forma de dormir melhor, não deixe de consulta nossas indicações.

Até Mais e uma ótima noite de sono!

7 Dicas para uma Dieta Saudável

alimentação-saudavel

Vivemos em um mundo onde uma xícara de café – embora seja elegante – pode custar-lhe 450 calorias. Um mundo em que os burritos do tamanho do futebol – esse pacote de 1.000 calorias – são a norma. Onde mesmo as refeições caseiras podem balançar fora de controle.

Um relatório nos Annals of Internal Medicine descobriu que o número médio de calorias por porção em receitas encontradas em The Joy of Cooking saltou de 268 para 437 nos últimos 70 anos, em parte devido a porções maiores. É mesmo possível perder peso nesta sociedade moderna?

1. Consumir uma variedade de alimentos

Nem todos os nutrientes e outras substâncias nos alimentos que contribuem para a boa saúde foram identificados, então, comer uma grande variedade de alimentos ajuda a garantir que você obtenha todo o potencial de combate à doença que os alimentos oferecem. Além disso, isso limitará sua exposição a quaisquer pesticidas ou substâncias tóxicas que possam estar presentes em um determinado alimento.

2. Mantenha um olho em porções

Claro, você pode comer todos os brócolis e espinafres que você deseja, mas para alimentos com maior teor de calorias, o controle de porção é a chave. Nos últimos anos, os tamanhos de porção aumentaram. Nos restaurantes, escolha um aperitivo em vez de um prato principal ou divida um prato com um amigo. Não ordene nada que tenha sido “superestimado”. Ao ler os rótulos dos alimentos, verifique os tamanhos dos porões: alguns pacotes relativamente pequenos afirmam conter mais de uma porção, então você tem que dobrar ou triplicar as calorias, gramas de gordura e miligramas de sódio se Você está planejando comer o todo.

O desenvolvimento de hábitos alimentares saudáveis ​​não é tão confuso ou tão restritivo como muitas pessoas imaginam. Os passos essenciais são comer principalmente alimentos derivados de vegetais, legumes, frutas, grãos inteiros e legumes (feijão, ervilhas, lentilhas) e limitar alimentos altamente processados. Aqui estão nossas diretrizes para a construção de uma dieta saudável.

 3. Coma abundância de produtos

Aponte para 2½ xícaras de vegetais e 2 xícaras de fruta por dia, para uma dieta de 2.000 calorias. Se você consumir mais calorias, procure mais; Se você comer menos de 2.000 calorias, você pode comer menos. Inclua produtos verdes, laranja, vermelho, azul / roxo e amarelo. Os nutrientes, fibras e outros compostos nesses alimentos podem ajudar a proteger contra certos tipos de câncer e outras doenças. As leguminosas, ricas em fibras, contam como vegetais, embora sejam moderadamente altas em calorias. Escolha frutas inteiras sobre suco para mais fibras. Frutas e legumes congelados e enlatados são boas opções.

4. Obtenha mais grãos inteiros

Pelo menos metade dos seus grãos devem ser grãos integrais, como trigo integral, cevada e aveia. Os grãos inteiros mantêm o farelo e germe e, portanto, todos (ou quase todos) dos nutrientes e fibras do grão. Procure por um produto rotulado com “100% de trigo integral” ou “100% de grãos inteiros”. Se não diz isso, procure um grão inteiro listado como o primeiro ingrediente, embora ainda haja muito trigo refinado (também chamado de Farinha “branca” ou “enriquecida”) e / ou açúcar. Outra opção é procurar o “selo de grão inteiro” voluntário do Conselho dos grãos inteiros.

5. Limite de grãos refinados, açúcar adicionado

Os carboidratos refinados em pão branco, massas regulares e a maioria dos lanches têm pouca ou nenhuma fibra dietética e foram despojados de muitos nutrientes. Nas etiquetas dos alimentos, fique atento à “farinha de trigo” (também chamada de farinha “branca”, “refinada” ou “enriquecida”) na lista de ingredientes. Além disso, limite os alimentos com açúcar adicionado, como o refrigerante e o doce. Estas são fontes de calorias vazias que contribuem para o ganho de peso. Muitos alimentos açucarados também são altos em gordura, então eles são ainda mais densos em calorias.

dicas-para-emagrecer-com-saude

6. Aproveite mais peixes e nozes

Nozes, peixes gordurosos, abacates e óleos vegetais fornecem gorduras insaturadas saudáveis. Pesquisas recentes sugerem que esses alimentos, embora elevados em calorias, tendem a não promover o aumento de peso porque são satisfatórios. Ainda assim, é melhor comê-los no lugar de outros alimentos ricos em calorias. Por exemplo, substitua o azeite ou o óleo de canola por manteiga. O peixe gordo ajuda a reduzir os riscos de doenças cardíacas e tem outros benefícios, em grande parte devido às suas gorduras poliinsaturadas ômega-3.

7 Reduzir a gordura animal

As gorduras saturadas, especialmente da carne vermelha e da carne processada, aumentam o colesterol LDL (“ruim”). Para limitar a sua ingestão, escolha carnes magras, aves de capoeira sem pele e produtos lácteos não gordurosos ou com baixo teor de gordura. Também é uma boa idéia substituir gorduras saturadas por gorduras “boas”, encontradas em nozes, peixes e óleos vegetais, não com carboidratos refinados, como pão branco e lanches.

Se você ter uma alimentação saudável ainda hoje, então clique aqui e emagreça com saúde já!

Até mais!

Eva Brenner

4 sinais que você pode sofrer de ansiedade

Todos têm ansiedade e ela pode até ser positiva, ao manter a atenção para a situação que se aproxima.

O problema é quando ela passa do limite e começa a atrapalhar sua vida.

Confira neste artigo sete sinais de que você pode sofrer de ansiedade.

Conhecendo os sintomas, a possibilidade de você conseguir controlar a ansiedade é maior, mesmo para você perceber a necessidade de procurar uma orientação profissional. O especialista irá auxiliar você a lidar com o problema e receitar um medicamento, caso necessário.

exercicios para combater a ansiedade

  1. Problemas de digestão

Muitos problemas digestivos estão ligados a casos de ansiedade. Um deles é a Síndrome do Intestino Irritável, que pode ocorrer em conjunto com a ansiedade e pode piorar o quadro, caracterizado por dores de estômago, inchaço, cólicas, gases, constipação ou diarreia. Isso porque o intestino é muito sensível ao estresse psicológico. Por outro lado, problemas de digestão podem desencadear mais ansiedade.

2. Medo de falar em público

É normal sentir um friozinho na barriga antes de uma apresentação importante no trabalho ou na faculdade, por exemplo. O problema é quando o temor é tão intenso que você passa muito tempo pensando nisso e nada do que você faça aplaca essa ansiedade. Aqui pode ser um caso de fobia social, que faz com que a pessoa se preocupe com um evento ou situação muito antes dele acontecer. E mesmo quando superam, continuam se ocupando aquilo, temendo o julgamento dos outros.

3. Crises de pânico

Crises de pânico são comuns em quem possui ansiedade crônica e remete ao que é mais popularmente conhecido como Síndrome do Pânico. São sensações físicas como taquicardia, dor no peito, formigamento nas mãos, sudorese. A pessoa vive sempre angustiada ou mesmo desesperada e há momentos em que ela crê que irá morrer naquele momento

4. Perfeccionismo

O perfeccionismo é um traço característico do Transtorno Obsessivo-Compulsivo. Pessoas que se julgam o tempo todo e têm muito medo de errar podem sofrer com esse distúrbio. Elas ficam muito incomodadas até terem tudo como planejaram. Porém, ao término, poderão achar que não ficou perfeito e recomeçar tudo de novo.

Eva Brenner – O Universo da Saúde Física e Mental Aqui !

Seja muitoooo bem vindo(a) ao meu portal!

Como você vai perceber, ou se já não percebeu, esse site é dedicado a falar sobre assuntos relacionados à nossa sáude, seja física ou mental.

Meu nome é Eva Brenner, Sou formada em Psicologia pela Univerisade de São Paulo, a USP, e dedico meu tempo à tratar de temas que envolvem nosso bem estar.

Espero que você goste dos assuntos tratados aqui e se tiver alguma dúvida, é só entrar em contato comigo, ok?

Grande abraço e muita saúde para você !

E.B.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial